"O mundo é feito de cores, sons e cheiros..."

FANFARRAS  E  BANDAS MARCIAIS

 

As fanfarras se dividem em dois grupos de acordo com sua composição:

  1. fanfarra com um pisto, uma válvula nas cornetas para aumentar as possibilidades sonoras do grupo;
  2. fanfarra simples é mais limitada que a anterior, possui mais instrumentos de percussão e alguns de sopro (cornetas e cornetões lisos). Executa marchas  e é composta basicamente por 50 integrantes. Os grupos mais elaborados acrescentam tubas e bombardinos em sua formação para obter uma melhor marcação nos tempos executados.

A extensão das notas nos instrumentos das fanfarras é mais limitada que o das bandas marciais, que utilizam quase todos os instrumentos de sopro e de percussão e dessa forma executam qualquer tipo de música. Dessa forma, a melodia das fanfarras torna-se mais limitada e algumas vezes alterada em comparação a das Bandas Marciais.Porém, mesmo com características bem definidas, as duas formações musicais se superam com arranjos e melodias cada vez mais modernos, diferente das antigas bandas que se limitavam à execução de hinos e marchas cívicas.

Na ópera, o termo "fanfarra" se refere a um trecho executado em cena por instrumentos de metal.

Atualmente os grupos de fanfarras evoluíram muito: novos instrumentos foram incorporados, com o intuito de melhorar a qualidade de execução das peças. Hoje em dia, além de cornetas e cornetões (que se aproximar dos sons do trompete e trombone, respectivamente), vários outros instrumentos foram introduzidos no cartel de instrumentos possíveis em uma fanfarra, tais como:

  1. Melofones
  2. Flugelhorns
  3. Eufónios
  4. Trompas
  5. Tubas
  6. Barítonos

 

 

Antigamente os instrumentos de fanfarra, a exemplo das cornetas e cornetões, eram lisos, ou seja, não possuíam nenhum tipo de válvula ou ajuste para a execução de diferentes notas. Hoje em dia, esses instrumentos podem ter gatilhos de semitom e um tom (com mecânica semelhante à de um trombone, em que a vara desliza para frente e para trás, alterando o percurso do ar dentro do instrumento) e pistos (também chamados pistões ou válvulas) de quaisquer tons (semelhantes aos do trompete). Atualmente as fanfarras utilizam além de instrumentos de bandas adaptados(eufônios, tubas, barítonos, flugelhorns e melofones), instrumentos de percussão sinfônica (bombo sinfônico, tímpanos, gongos, pratos suspensos etc.) e instrumentos de percussão popular (pandeiros, triângulos, tumbadoras etc.).

 

 

 

                                                                                        BANDA  MARCIAL

 

Uma banda marcial (em inglês: marching band) é um grupo de músicos instrumentais que geralmente apresentam-se ao ar livre e incorporam movimentos corporais - geralmente algum tipo de marcha - à sua apresentação musical. Esses grupos geralmente utilizam duas classes de instrumentos musicais: os metais e a percussão. Sua música geralmente tem um ritmo forte, adequado à marcha.

Além dos desfiles tradicionais, muitas bandas também apresentam field shows (do inglês, "apresentação em campo") em eventos especiais (como jogos de futebol americano) ou em competições de bandas marciais. As bandas marciais são geralmente categorizadas de acordo com a função e o estilo de field show que apresentam. Crescentemente as bandas marciais têm se apresentado em ambientes cobertos, com novos tipos de música e performances, aplicando-se então a não apenas bandas de marcha mas bandas de show.

Atualmente o número de bandas marciais é crescente e as apresentações desses tipos de banda ocorrem cada vez mais sendo muito comuns os festivais e encontros de banda e apresentações em estádios esportivos principalmente nos Estados Unidos e no Reino Unido.

No Brasil, existem várias bandas divididas em várias categorias, algumas delas são: Banda Show, que um tipo de marcial que trabalha com um tema e movimentações em suas apresentações; Marcial Tradicional, que são as bandas que fazem suas aprestações sem movimentação.

Tipos de apresentações

 

 

Banda marcial da Universidade do Texas

  • Marcha - desfiles, paradas militares, festas municipais, competições e festivais de banda.
  • Espaços abertos - em estádios e eventos públicos ao ar livre. Nos Estados Unidos é muito comum em jogos de futebol e basquete as bandas dos times ou universidades se apresentarem antes do jogo.

Ficheiro:Banda Marcial da Escola Rui Barbosa - Panelas - PE.JPG

Banda Marcial da Escola Rui Barbosa - Panelas - PE

  • No Brasil esse movimento é comum em quase todas as regiões, em especial no mês de setembro. Praticamente em todas as cidades no dia 7 de setembro há desfile das bandas marciais

de cada colégio. Nas semanas seguintes', também, é comum haver campeonatos entre as bandas de uma mesma cidade e/ou entre cidade vizinhas, esses campeonatos são um sucesso por onde passam, sendo a cada ano um recorde de público.

  • Muitas vezes há bandas que tocam na abertura de jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol, por exemplo, mas este movimento ainda é pequeno, na maior parte das vezes é a banda da Policia Militar que faz a execução do Hino Nacional.
  • Espaços fechados - inaugurações, festas, aberturas de show e solenidades.

 

Instrumentos

Os instrumentos geralmente divididos entre a musical e a percussão.

 

© 2013 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode